Imprimir
Acessos: 1545

 

Ponto de Cultura Município
Arte da Periferia Rio Grande
Memória do Movimento Estudantil Gaúcho Pelotas
Outro Sul Pelotas
Axé Raízes Arroio Grande
Jerivarte Santa Vitória do Palmar
Navegarte São Lourenço do Sul
ACANDHIS Canguçu
Caras de Pau São José do Norte
Freguesias Litorâneas São José do Norte
Integração Dom Feliciano
Cultuart Pinheiro Machado
Barra Viva: Mateando ao pôr do Sol Barra do Ribeiro
Nossa Comunidade tem História Guaíba
Butiá Tapes
Resgatando a Cultura Polonesa Marianense Mariana Pimentel
Reascendendo a Chama Farroupilha Amaral Ferrador

 

Pontão de Cultura GERIBANDA

O GERIBANDA, Pontão de Cultura da FURG, foi criado para articular 16 Pontos de Cultura a serem constituídos nas regiões sul e centro-sul do RS, estabelecendo a integração e o funcionamento de uma Rede e difundindo as ações de cada entidade. A principal missão do Geribanda é constituir-se em espaço de articulação entre os Pontos, conectar e mobilizá-los, além de demais entidades da sociedade civil, ampliar o movimento integrador. Assim, desenvolverá programação integrada, atuando tanto na dinamização dos contatos entre os Pontos, com foco temático ou regional, quanto como parceiro na implantação de ações do Programa Cultura Viva. Além dessa articulação, o Geribanda integra ações e atua na esfera territorial e temática, nas áreas de audiovisual, dos bens imateriais, de cultura digital, entre diversos outros temas, que têm como princípio norteador fortalecer as ações da sociedade civil e promover a cultura brasileira.

  

Definições:

Pontos de Cultura: É a entidade cultural ou coletivo cultural certificado pelo Ministério da Cultura. É fundamental que o Estado promova uma agenda de diálogos e de participação. Neste sentido os Pontos de Cultura são uma base social capilarizada e com poder de penetração nas comunidades e territórios, em especial nos segmentos sociais mais vulneráveis. Trata-se de uma política cultural que, ao ganhar escala e articulação com programas sociais do governo e de outros ministérios, pode partir da Cultura para fazer a disputa simbólica e econômica na base da sociedade. Esta base social também se amplia para outros segmentos sociais, alcançando os setores médios, em especial a juventude urbana, periférica, universitária, jovens artistas, novos arranjos econômicos e produtivos, toda uma nova economia que vem sendo inventada e experimentada daqueles que encontram no fazer cultural uma alternativa de trabalho, vida e inserção social. O Plano Nacional de Cultura - PNC (Lei 12.343/2010) estabelece em seu Plano de Metas o fomento de 15 mil Pontos de Cultura até 2020. Para atingir a meta seria necessário fomentar 1.750 novos Pontos de Cultura por ano até 2020, com um investimento anual de aproximadamente 113 milhões/ano, considerando o valor de 60 mil/ano para cada Ponto de Cultura.

Pontões de Cultura: É a entidade certificada como tal pelo Ministério da Cultura, de natureza ou finalidade cultural ou educativa que desenvolva, acompanhe e articule atividades culturais em parceria com as redes regionais, identitárias e temáticas de Pontos de Cultura e outras redes temáticas que se destinam à mobilização, à troca de experiências, ao desenvolvimento de ações conjuntas com governos locais e à articulação entre os diferentes Pontos de Cultura que poderão se agrupar em nível estadual, regional ou por áreas temáticas de interesse comum, visando à capacitação, ao mapeamento e a ações conjuntas.